Existe Algum Remédio para Fertilidade?

Se você está tentando engravidar sem sucesso de “forma natural”  e já começa a se questionar se existe algum remédio para fertilidade, a resposta é sim. Na realidade, existem atualmente diversos tratamentos para quem deseja engravidar e tem dificuldade, desde os mais caseiros e naturais, até os que exigem uma intervenção maior. Entretanto, é bom lembrar que se você optar pela linha dos medicamentos, todo tratamento para fertilidade nessa linha deve ser realizado com acompanhamento médico. Por isso consulte um profissional antes de se medicar, já que a auto-medicação é repleta de riscos. Separamos alguns caminhos e dicas que você pode seguir.

Indutores de Ovulação

O tratamento é feito por meio da ingestão oral de comprimidos e existe desde 1967. O medicamento age na hipófise, fazendo com que essa glândula “acredite” não ter no organismo estrogênio suficiente fabricado pelos ovários. Assim, a hipófise aumenta os níveis do FSH para compensação daquele que está baixo e produz mais óvulos. No Brasil, indutores de ovulação como o citrato de clomifeno são comercializados pelas marcas Indux, Serophene, Clomid, entre outras. Este tipo de remédio para fertilidade deve ser utilizado por mulheres que ovulam de maneira irregular ou não chegam a ovular. O tratamento também é indicado para quem tem síndrome dos ovários policísticos.

Os indutores de ovulação são utilizados apenas após diversos exames serem realizados no casal que deseja engravidar. A indução só é feita depois que os resultados demonstram que a mulher não apresenta alterações anatômicas e o homem está com a produção de sêmen normalizada.

Possíveis problemas causados pela a utilização de indutores de ovulação

Estudos têm sido realizados para compreender se a utilização desse medicamento para fertilidade pode causar câncer. Nada foi comprovado até o momento, mas alguns médicos desencorajam seu uso. Além disso, remédios para fertilidade de uma forma em geral podem causar efeitos colaterais como alteração de humor, dor nos seios, irritabilidade, dores de cabeça, falta de lubrificação vaginal, entre outros.

Contra-indicação e ressalvas

Mulheres que estão tomando outras medicações devem conferir com seus médicos a possibilidade de iniciarem um tratamento com indutores.

Qual é a dose correta do medicamento?

O tratamento com indutores possui uma duração total de até 12 ciclos (todos com intervalos entre eles). A dose do remédio vai sendo ajustada pelo seu médico de acordo com as reações do  seu organismo. Normalmente, o monitoramento é feito por meio de exames de ultrassom que irão demonstrar se os ovários estão preparando folículos que irão liberar os óvulos.

Quando iniciar o tratamento?

O tratamento com comprimidos de indutor são iniciados entre o terceiro e o quinto dia do ciclo menstrual e duram apenas cinco dias. A ovulação costuma acontecer de cinco a nove dias depois do último comprimido.

Medicamentos injetáveis nos tratamentos para a fertilidade

As medicações injetáveis são chamadas de Gonadotropinas ou Gonadotrofinas e são as mais importantes em tratamentos de fertilização, geralmente promovendo os melhores resultados. Esses medicamentos são elaborados com o hormônio FSH, fabricado pela hipófise e age diretamente sobre o ovário. Consulte o seu médico para que ele te explique as opções e os riscos.

Fertilidade

Alimentos e tratamentos naturais indicados para aumentar a fertilidade e estimular a ovulação

Nem todo o tratamento para fertilidade passa por remédios. Alguns alimentos contribuem para que você tenha mais chances de ficar grávida. O gérmen de trigo, grão de bico e óleo de girassol são muito indicados. Procure alimentos que sejam ricos em vitamina E, zinco e vitaminas do complexo B, pois eles atuam no sistema hormonal. Os alimentos ricos em complexo B e enriquecidos em ácido fólico irão contribuir não apenas para a sua saúde, mas também para a saúde do seu bebê.

O inhame é um alimento que contribui diretamente para o estímulo da ovulação. Ele pode ser consumido como sopa, na carne ou até mesmo puro. Guarde as cascas e tome chá de inhame para potencializar ainda mais os seus efeitos.

O chá de inhame é muito fácil.

Receita:

  • Casca de 1 inhame
  • 1 copo de água

Modo de preparo:

Deixe ferver por 5 minutos, espere esfriar, coe e beba em seguida. Para que tenha ainda mais efeito, tome em jejum até começar a ovular.

Mude comportamentos e hábitos

Alguns hábitos e comportamentos podem estar contribuindo com sua dificuldade de engravidar. Evite consumir bebidas alcoólicas, pare de fumar, controle a ansiedade, alimente-se corretamente e pratique exercícios. Consulte o seu médico e verifique se você está com os exames em dia. Pequenas doenças como a candidíase podem interferir na gravidez. E lembre-se: não tome nenhum remédio para fertilidade sem o acompanhamento de um profissional.



Deixe um Comentário